O redondel

Muitas pessoas nos perguntam para que serve o redondel. Mais ainda, qual o tamanho ideal de um redondel. Seguem aqui algumas idéias para que você possa utilizar esta importante instalação para seus cavalos:

     • Um redondel pode servir para você soltar um cavalo, trabalhar um cavalo montado, trabalhar um cavalo à guia, trabalhar um cavalo solto, ter aulas de equitação, iniciar um potro ao chão ou montado, entre outras coisas;

     • Uma medida ideal não existe, sabendo-se que cada profissional tem sua preferência, e também que um redondel muito pequeno não servirá para muita coisa. Sempre sugerimos algo entre 15 e 20 metros de diâmetro, com cercas fechadas até 1.15 e abertas até 2.20;

     • No nosso modo de entender, o piso deste redondel pode ser de areia ou grama, nunca deixando o mato alto crescer.

     • Particularmente não gostamos dos redondeis fechados, utilizados para “concentrar” o cavalo. Achamos que a concentração do cavalo vem dele mesmo, sem a dependência ou a “obrigatoriedade” que uma parede alta impõe no trabalho. Acreditamos que a concentração vem com o relaxamento e descontração do cavalo trabalhando, mas nunca de forma tensa ou “obrigatória”;

     • As cercas do redondel podem ter uma inclinação para fora ou não. Tanto faz, e isto não atrapalha no trabalho do cavalo.

     • No redondel, você pode trabalhar as lateralidades, os exercícios de reunião e engajamento, os flexionamentos e encurvaturas, e também as retas. Por ser redondo, não significa que o cavalo não faça retas dentro dele;

     • O redondel não pode ser sinônimo de tensão ou medo, mas sim de aprendizado. Todas as vezes que um cavalo entra no redondel tenso e com medo, não aprende. Isto depende muito das experiências que os cavalos passam dentro do redondel enquanto trabalham. Se estas forem boas e positivas, as próximas serão boas e positivas.

Aluísio Martins

0 comentários:

Postar um comentário